Muito Porto para pouco BATE

O jogo começou com um Porto a impor uma intensidade muito interessante, com várias trocas de bola no meio campo adversário. O BATE tentava reagir como podia, mas ainda antes de muitos dos seus jogadores terem tocado na bola, aos 5min, um brinde do guarda redes bielorrusso Syarhey Chernik permitiu a Brahimi inaugurar o marcador. Uma má reposição de bola deixa Brahimi já dentro da área com apenas um defesa pela frente, ultrapassando-o com uma incrível facilidade antes de fuzilar (de ângulo algo apertado) a baliza adversária.
A partir daqui o BATE tentou responder, subindo as suas linhas e pressionando logo na saída de bola pelos centrais do FCP, mas abrindo muito espaço no meio campo, com linhas muito distantes e pouco compactas que o Porto aproveitou. Notava-se nesta altura uma clara dificuldade dos centrais em jogar a bola quando pressionados (como tem sido hábito, devido à sua falta de técnica), mas assim que a bola saía da primeira zona de pressão, as facilidades e os espaços multiplicavam-se, o que impulsionava um estilo de transições rápidas (onde o Porto tem estado fortíssimo) para exactamente aproveitar esses espaços e proteger os centrais de situações de posse.
E assim foi aos 31min quando numa recuperação de bola por parte da equipa azul e branca dá origem a uma transição rapidíssima, tendo Brahimi (novamente) como protagonista, recebendo a bola ainda antes do meio campo descaído para a esquerda e a fazer uma cavalgada que me fez lembrar Hulk num célebre golo ao Sporting (na altura Rochemback foi o ultrapassado), mas desta vez fugindo para o meio e a rematar cruzado sem hipóteses para o guarda redes adversário.
Grande grande golo, numa grande jogada individual da nova pérola do Porto. De referir ainda que até agora Brahimi já tinha desgastado enormemente as zonas de pressão adversárias com constantes movimentos interiores de ruptura a partir da ala esquerda.
Com este golo notou-se um claro desânimo da equipa bielorrussa, baixando as suas linhas, e facilitando, assim, a vida ao Porto, pois os centrais podiam construir com muito mais calma, embora utilizassem invariavelmente os corredores laterais para o fazer.
O avolumar do resultado foi assim natural, realçando-se a enorme diferença de qualidade individual entre os jogadores das duas equipas.
Jackson, que já tinha feito 2 ou 3 excelentes diagonais a rasgar a defesa do BATE anteriormente não perdoou aos 37min e após um cruzamento de Danilo antecipa-se à concorrência e desvia ao primeiro poste para o fundo das redes.
O 4-0 foi mais um cubo de açúcar para os adeptos do Porto por parte de Brahimi, com um livre irrepreensível fotocópia de um outro que à umas jornadas atrás teve o mesmo destino na Liga Portuguesa. Isto aos 57′.

2min depois o Homem do Jogo sai com o sentido de dever cumprido e sob uma enorme salva de palmas do estádio.
Até ao final o jogo continuou na mesma toada com destaque para o golo de Adrian (que, para mim, ainda não convence, os 11M pelos 60% do passe parecem-me cada vez mais exagerados) aos 61′ e para a estreia a marcar de Aboubakar aos 76′.

Destaques:

Fabiano, Maicon, Indi – O trio continua com enormes dificuldades para jogar em posse, tremendo sempre que têm de resolver uma situação ligeiramente mais complexa ou com mais rapidez.

Herrera – Esteve melhor hoje, mas ainda longe do que apresentou no Mundial e no México. Um jogador claramente talhado para jogos de transições, em que pode utilizar o espaço e a velocidade para fazer a diferença, o que não acontece nas Ligas Europeias.

Aboubakar – Pareceu-me algo lento e trapalhão, mas com uma enorme facilidade de remate, tal como se comprova no 6º golo do Porto. Vamos ver como se porta nos jogos mais “a sério”.

Brahimi – Homem do Jogo! Extraordinária sua a capacidade de drible, poder de decisão, velocidade e força! Um jogador que acredito que não fique mais de um ano em Portugal se continuar assim.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s