breves #15

FC Porto – O jovem médio Oliver Torres explicou ao jornal O Jogo os motivos que o levaram a optar pelo Porto: “Quando um clube como este [FC Porto] te escolhe, abre-te o coração, os olhos e o entusiasmo. E mais ainda quando Julen Lopetegui, que foi meu treinador nas categorias inferiores da seleção durante uns quatro anos, veio para cá. Graças a ele estou aqui, mas sobretudo posso jogar. Desde o primeiro momento que o mister me transmitiu a sua confiança e não posso fazer outra coisa que não seja retribuir. E espero fazê-lo trabalhando no duro e jogando bem. Em Portugal também se vive o futebol de maneira muito intensa. Os adeptos são muito entusiastas e vivem cada jogo até aos limites. Eu tinha opções de ingressar noutras equipas com menor pressão, mas creio que o FC Porto era o melhor por tudo: para aprender, para crescer e, acima de tudo, para eu tentar ajudar o clube nos seus objetivos.”

José Mourinho – Na entrevista dada pelo treinador do Chelsea à TVI\MaisFutebol, também abordou a sua passagem por Madrid.

Sobre Cristiano Ronaldo: “A relação não existe. Ele joga pelo Real Madrid e eu sou o treinador do Chelsea. A relação não existe, apenas as memórias. Lembro-me do bom e do que não foi tão bom. Tenho que me lembrar de um rapaz que é uma máquina de marcar golos que me ajudou a ser campeão, a ganhar a Copa do Rei e a Supercopa. Provavelmente também o ajudei a ele e nos ajudámos todos mutuamente a fazer história, ao ganhar o campeonato dos 100 pontos frente à melhor equipa da história do Barcelona. Do Cristiano Ronaldo jogador guardo as melhores recordações e desejo-lhe o melhor para a sua carreira, mais na selecção do que no clube, porque sempre que saio de um clube tenho gosto que os meus antigos jogadores continuem a ter exitos.

Sobre a passagem por Madrid: “Por um lado a consecução de um objectivo que já estava claramente definido quando fui: ganhar os três campeonatos mais importantes do mundo. Esse objectivo era importante. De resumo tudo a uma frase: poderia voltar atrás e assinar novamente pelo Real Madrid? Sim, claro que sim! Fui uma experiência como homem e como treinador que voltaria a repetir sem pensar duas vezes! (…)”
(…) quando perguntado se voltaria a fazer o mesmo em Madrid: “Se um treinador se auto-critica permanentemente, como faz a minha equipa técnica, obviamente que em todos os clubes em que este passou não faria tudo igual”

O balneário foi um problema?– “Não vou fazer o que nunca fiz: grandes explicações sobre os meus anteriores clubes. Não me irão ver falar sobre o que aconteceu no passado, seja positivo ou negativo. (…) Saí do Real Madrid com uma relação fantástica com o presidente, com o director-executivo e com toda a estrutura profissional depois de tomarmos uma decisão que era a melhor para a minha carreira na altura.

Pode ser seleccionador em 2010? – “Não, não. Fui seleccionador durante algumas horas. (…) Foi tudo inesperado. João Rodrigues e Madaíl foram a minha casa a Madrid e foram perspicazes. Tocaram-me ao coração e convenceram-me a aceitar. Comecei a preparar na minha cabeça o próximo encontro e falei com o presidente Florentino Perez, que me pediu tempo para pensar. Quando depois me disse “essa situação é impossível, tenho que defender os interesses do Real Madrid e também a ti” não o aceitei bem. No dia seguinte tive que decidir: “estou totalmente de acordo. É uma situação que não pode acontecer um grande clube”

Na referida entrevista, Mourinho também falou do Chelsea, da contratação de Cesc Fabrègas e das novas regras de fairplay financeiro da UEFA, regras que tem sido ultimamente alvo de comentário do treinador português. Mourinho continuou a referir que essas regras promovem a desigualdade no futebol europeu.

Nani

Nani – O antigo central do Liverpool Jamie Carragher afirmou num painel de comentário da Sky Sports que caso o jogador português jogasse ao nível que está a jogar em Alvalade, provavelmente ainda estaria em Inglaterra. O histórico capitão do Liverpool afirmou que os adeptos do Manchester United estavam cansados das prestações do internacional português ao serviço do clube: “Acho que, se tivéssemos visto um pouco mais do Nani, ele provavelmente ainda estaria aqui. Para o fim, os adeptos já estavam fartos dele. Se ele jogasse sempre assim e se tivesse feito mais coisas como este golo que marcou ao Maribor, ainda estaria no United.”

O golo de Nani ao Maribor foi eleito um dos 5 melhores golos da jornada da Champions League.

Adrien Januzaj – Em Inglaterra surgiu um rumor que afirma que o jovem belga poderá rumar à Juventus por empréstimo em Janeiro. É do interesse do treinador do Manchester United Louis van Gaal conseguir a contratação de Arturo Vidal na reabertura do mercado.

Liga dos Campeões Merece destaque este artigo de opinião postado no Modalides.com.pt. E se uma das equipas da Liga se transformasse numa equipa da NFL?

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s