breves #23

Selecção Brasileira – Souza, antigo médio do Porto, agora no São Paulo, foi chamado por Dunga para substituir Ramires na convocatória para os jogos contra a Argentina e Japão. Dunga encontra-se a preparar uma fase experimental na selecção. Com os olhos no futuro, ou seja, na próxima Copa América em 2015 e na qualificação para o Mundial 2018, o novo seleccionador brasileiro aproveita os amigáveis que a canarinha irá realizar em Outubro para testar novos jogadores. Assim sendo, Diego Tardelli (Atlético Mineiro), Ricardo Goulart e Everton Ribeiro (Cruzeiro), Rafael Cabral (Napoli), Mário Fernandes (CSKA) Felipe Luis (Chelsea) Danilo (Porto) Dodô (Inter) Miranda (Atlético de Madrid) Gil (Corinthians) Elias (Corinthians) e Robinho (Santos) foram convocados pelo seleccionador brasileiro. A chamada de Robinho foi a grande surpresa da convocatória. De fora ficaram jogadores como Fred, Jô, Dante, Marcelo ou Hernanes.

Selecção Brasileira 2 – A Confederação Brasileira de Futebol quer marcar um amigável no Mineirão frente à Selecção Alemã para “exorcizar” o doravante denonimado Mineiraço – a derrota nas meias-finais do Campeonato do Mundo frente aos alemães por 7-1.

Jordi Clasie – O internacional holandês do Feynoord afirmou ao Jogo que Julen Lopetegui chegou a abordá-lo para pedir para se transferir para o clube da invicta.

Jorge Jesus\Benfica – Na conferência de imprensa realizada após a derrota em Leverkusen por 3-1, derrota encarnada que, apesar do futebol vistoso praticado pelos articulados e técnicos alemães, fica manchada com um enorme erro de arbitragem do inglês Martin Atkinson no lance do penalty que deu o 3º golo ao Leverkusen numa altura em que o Benfica poderia ter facilmente construído outro resultado na BayArena, Jorge Jesus afirmou que “desportivamente uma final da Liga Europa é mais importante que os quartos da champions”.

Uma final europeia é sempre uma final europeia. No entanto, de nada valem as presenças em duas finais europeias se as taças não forem depositadas no bonito Museu Cosme Damião. Creio que o treinador do Benfica teve o azar de afirmar mais uma das suas parvoíces. O grupo em que o clube está inserido não é fácil: as 4 equipas tem um valor similar e, todas poderão ganhar jogos umas às outras. Contudo, seria de esperar que o treinador campeão nacional, não vulgarizasse desta maneira uma posição nas 8 melhores equipas da europa só porque a sua equipa não está para já a ter o melhor rendimento na competição. Numa altura em que volta a ser amplamente criticado pelas suas declarações, o treinador do Benfica deveria ser mais comedido. Com este tipo de declarações está a passar uma mensagem de fraqueza para o balneário que poderá efectivamente ser prejudicial num futuro próximo.

rui patricio

Rui Patrício – A espantosa exibição do internacional português, abrilhantada com as 5 paradas fabulosas que fez a Diego Costa (2), Mohammed Salah e Andre Schurrle (2) levaram a UEFA a incluir o guardião português no onze da 2ª jornada da prova, onze onde também figura Jackson Martinez do Porto.

FC Porto – Na semana passada, Jorge Nuno Pinto da Costa afirmou ao canal do clube que Jorge Mendes o tinha contactado no sentido de lhe apresentar o interesse de Peter Lim na aquisição da SAD Portista. O histórico dirigente afirmou que o “clube não está à venda” reiterando a ideia que enquanto for presidente do clube e da SAD o Porto não terá investidores externos.

Ontem, o presidente do Porto lançou uma Oferta Pública de Aquisição Geral e obrigatória a 18,79% das acções desta que eram detidas pela Somague Engenharia.

Sporting – A equipa leonina assinou ontem um protocolo com a duração de 5 anos com a equipa profissional Norte-Americana New England Revolution (MLS) num acordo que visa a troca de know-how sobre a formação de jovens atletas e possíveis acordos comerciais entre as duas equipas. Assim sendo, existe a possibilidade do Sporting ter direito de preferência sobre alguns jogadores da equipa Norte-Americana assim como esta poderá receber por empréstimo jogadores formados na Academia de Alcochete ou enviar jovens talentos da sua formação para evolução futebolística na Academia de Alcochete junto das equipas das camadas jovens do clube leonino. O acordo também prevê a realização de vários amigáveis ao longo destes 5 anos entre as duas equipas e a possibilidade de equipas do clube leonino poderem realizar estágios de alto rendimento nos Estados Unidos da América e vice-versa no que diz respeito à equipa da MLS na Academia de Alcochete.

Vitor Pereira – O antigo treinador do Porto contrariou as palavras proferidas por Jorge Nuno Pinto da Costa. O presidente do Porto revelou recentemente que não quis renovar com o treinador de Espinho porque os adeptos não sentiam empatia pelo treinador. O antigo bicampeão nacional pelo Porto afirmou que o presidente convidou-o a renovar o vínculo com os Dragões mas não aceitou a proposta.

Andreas Brehme – O Relvado publicou ontem um interessante artigo que dá conta que o glorioso lateral-esquerdo alemão que decidiu a conquista do título mundial a favor da Mannschaft no Itália´90 com aquele penalty nos últimos minutos frente à Argentina de Maradona, está a passar por um mau período na sua vida. Falido e com dívidas, o antigo jogador do Inter de Milão de Trappatoni poderá perder a sua casa nos próximos dias.

Franz Beckenbauer já se disponibilizou para ajudar o antigo jogador de 53 anos. Outro ex-futebolista, agora empresário, também já ofereceu emprego a Brehme como funcionário de limpeza. Aqui fica um pequeno video de tributo ao internacional alemão:

Anúncios

breves #21

Selecção Nacional – É possível adiantar que o Seleccionador português pré-convocou 40 jogadores a alinhar no estrangeiro. Para além dos já conhecidos José Fonte (Southampton), Danny (Zenit), Ricardo Carvalho (Mónaco), Orlando Sá (Legia de Varsóvia) Tiago (Atlético de Madrid), dos habituais convocáveis que alinham no estrangeiro, juntam-se agora os nomes de Manuel Fernandes (Besiktas), Castro (Kasimpasa), Licá (Rayo Vallecano) e os 5 portugueses que alinham no Dinamo de Zagreb (Ivo Pinto, Wilson Eduardo, Eduardo, Gonçalo Santos e Paulo Machado).

Benfica – A equipa de Jorge Jesus continua a preparar no Seixal a deslocação a Leverkusen para a 2ª jornada da Champions. Com Artur castigado devido à expulsão frente ao Zenit e Paulo Lopes e Julio César lesionados, a escolha de Jesus irá recair sobre o jovem Bruno Varela, guardião titular da equipa B. Jorge Jesus afirmou hoje na conferência de imprensa realizada hoje no Seixal: “Não há nada em que pensar. O Paulo está fora e tenho dúvidas quanto ao Júlio. Mas se não jogar o Júlio, joga o Varela. Acreditamos nos jogadores que estão connosco. O Varela é um jovem de qualidade, no dia em que tiver a sua oportunidade vai agarrá-la.” “O Varela tem muito futuro e é um dos jovens em quem acreditamos. Se tiver de jogar, temos total confiança nele”

Benfica 2 – O site italiano Tuttomercatto noticiou que os russos do Zenit deverão ter chegado à Luz uma proposta de 30 milhões por Salvio. O argentino é um desejo do clube russo desde os tempos de Luciano Spalletti. O mercado russo de transferências só fecha amanhã pelas 21 horas portuguesas.

José Mourinho – Na conferência de imprensa de antevisão do jogo em Alvalade, o treinador do Chelsea falou sobre os meses que passou como adjunto de Bobby Robson em Alvalade:

“Não esqueço aquilo que passei nesta casa. Tentei ajudar naquilo que foi possível numa fase bonita da minha carreira, que foi no princípio. A única má recordação de Alvalade é do dia em que saí. Diverti-me muito com Sousa Cintra, à exceção do dia em que me despediu”

O técnico afirmou ainda que gostava que o Sporting passasse aos oitavos-de-final na 2ª posição do grupo, atrás, obviamente, dos Blues. Para a deslocação a Alvalade o técnico português não conta com Ramires e Didier Drogba. Mourinho dispensou fazer o habitual treino de adaptação em Alvalade.

Boavista –

Boavista

7 points in a row. O Boavista continua a demonstrar que a União faz a força. 3-2 ao Gil Vicente com direito a remontada com o triplo dos golos que a equipa do Bessa tinha feito em 3 jornadas (os primeiros 3 marcados por jogadores da equipa visto que o golo obtido contra a Académica foi marcado pelo lateral esquerdo Richard Ofori na própria baliza).

José Fonte –

josé fonte

O experiente central de 31 anos do Southampton falou hoje à TSF sobre a sua primeira pré-convocação para a selecção nacional e sobre o jogo entre Chelsea e Sporting:

«O Sporting tem jogadores na frente que podem desequilibrar, como o Nani ou o Carrillo, e no meio-campo tem o William Carvalho, que tem despertado o interesse de clubes ingleses. Espero um jogo interessante, bonito. Sendo português e tendo jogado no Sporting, que me desculpe o mister Mourinho, mas gostava que ganhasse o Sporting. Tem a vantagem que é jogar em casa e a motivação de estar e regresso à Champions, quer mostrar qualidade e dar alegrias aos adeptos. O Chelsea é uma potencial mundial, está a fazer um começo de época tremendo, com o Diego Costa a fazer golos e o Fàbregas atrás a fazer assistências. Vai ser difícil mas, se conseguir manter-se organizado, é possível que o Sporting consiga fazer bom resultado. No futebol tudo é possível.»

Sobre o facto de ter sido pré-convocado para a selecção nacional pela primeira vez aos 31 anos, o central mostrou-se disponível para representar a selecção e cheio de vontade de lutar por um lugar na convocatória de Fernando Santos.

Sporting\William Carvalho – Sporting e jogador deverão ter chegado a acordo quanto a uma renovação de contrato. O jogador deverá auferir um ordenado próximo dos 850 mil euros anuais. A cláusula de rescisão continuará fixada nos 45 milhões de euros.

Hugo Almeida – Existiu um volte-face no negócio que foi apalavrado entre o internacional português e o Al-Nasr dos Emirados Árabes Unidos. O português não chegou a acordo com o clube daquele país do Médio Oriente, sendo que ainda está a estudar algumas propostas que tem em mãos de um clube inglês (presume-se que o West Ham) e várias propostas do Médio Oriente.

Karagounis\Selecção Grega – A Federação Grega afirmou que o antigo jogador Giorgios Karagounis (daquela selecção helénica, do Panathinaikos, Inter, Fulham e Benfica) terá um cargo na estrutura federativa, cargo que ainda não é conhecido.

Crónica: Benfica x Zenit

O Benfica começou a fase de grupos da Liga dos Campeões com o pé esquerdo, após ter sido derrotado em casa pelo Zenit de São Petersburgo do português André Villas Boas por 0-2, com golos de Hulk e Witsel. Foi de resto, a primeira derrota caseira do Benfica em 51 jogos!

O jogo começou com um Zenit muito personalizado, e com a estratégia muito bem definida: linha defensiva alta, equipa curta e a encher o meio-campo, rápida nas transições e a explorar as costas da defensiva do Benfica. O Zenit avisou, uma, duas, três vezes com as bolas nas costas, o Benfica não se adaptou e aos 5 minutos, Rondon recupera a bola no meio-campo do Benfica, passa para Shatov que encontrou espaço para colocar em Hulk na direita, e que em posição frontal colocou a bola com classe e fora do alcance de Artur. Estava feito o 1-0 para os russos.

O Zenit não recuou de imediato as linhas e continuou à procura de mais um golo. Samaris e Perez não conseguiam aguentar com os três médios do Zenit e havia muito espaço no centro do terreno. A armadilha de fora-de-jogo não está a sair tão bem como saía em anos anteriores, e a defesa revela-se demasiado lenta. Foi uma questão de tempo. Mas antes, aos 18′, Danny encontra espaço nas costas da defesa Benfiquista (outra vez), passou por Artur e o guarda-redes do Benfica obstruiu o luso-venezuelano de um golo certo. O árbitro decidiu (e bem, a meu ver) por dar um cartão vermelho a Artur Moraes. Paulo Lopes entrou para o seu lugar (saiu Talisca), e na sequência, o livre de Hulk tira tinta ao poste, e acaba por dar canto. E nesse canto, o 2-0. Witsel apareceu ao primeiro poste e coloca a bola dentro da baliza. Paulo Lopes ainda socou a bola para fora, mas o árbitro validou o golo. E pela repetição, decidiu bem.

A partir daqui, e até final da partida, adivinhava-se que o Zenit podia embalar para 3-0, 4-0. Mas foi aqui que o Zenit desceu um pouco as linhas, limitou-se a gerir o jogo e em partir em contra-ataque. E mesmo apesar de terem tido muitas chances para aumentar a vantagem, deve-se destacar a atitude do Benfica após ter ficado com 10 jogadores. A equipa soube unir-se e foi sem medos à procura do milagre, sempre com mais coração do que cabeça. Contudo, não conseguiram marcar até ao apito final, embora se possam queixar de um penalti por marcar a favor das Águias, aos 52′, numa falta de Criscito sobre Salvio. Aos 90′ houve outro lance polémico, mas a repetição mostra que o defesa do Zenit tocou na bola e não havia motivos para grande penalidade.

Do lado do Benfica, bons jogos de Enzo Perez e Salvio. Mau jogo da defesa do Benfica, desta vez nem Luisão se safa. Mas apesar de tudo, de destacar o enorme coração que a equipa teve, mesmo apesar de ter descurado a defesa em demasia (mas não havia hipótese).

Do lado do Zenit, de destacar o excelente jogo de Danny, para mim o homem do jogo. Com 32 anos, não se nota a idade a passar por ele, praticamente. Continua explosivo, forte no drible, e agora com outra maturidade em termos de temporização e capacidade de passe curto e longo. Bons jogos de Hulk (por vezes demasiado individualista), Witsel (um dos melhores médios da atualidade, para mim) e de Criscito (muito acertado defensivamente, mesmo apesar de ter feito um penalty sobre Salvio). Shatov também esteve bem a espaços. De enaltecer a bela estratégia montada por André Villas Boas. Este Zenit jogou bem, está imparável no campeonato russo, e parece-me que teremos um Zenit a fazer coisas boas nesta temporada. Parece-me, contudo que lhes falta um defesa direito e talvez um avançado mais matador.

Esta derrota, em conjunto com a vitória do Monaco em casa frente ao Bayer Leverkusen (para mim, o outro favorito além do Zenit para seguir em frente) complica e muito as contas do grupo. Na próxima jornada o Benfica vai a casa do Bayer Leverkusen, e a equipa de Schmidt tem andado fortíssima neste início de temporada, mesmo apesar da derrota frente aos Monegascos. Aliás, quem viu o jogo, sabe que o resultado até foi relativamente injusto pela primeira parte que os alemães fizeram.

Com uma derrota na próxima jornada, o Benfica seria obrigado a vencer ambos os jogos frente ao Mónaco para relançar as suas possibilidades. Já de calculadora na mão…